Durante a pandemia, mais de R$ 196 milhões em projetos para os municípios do Paraná

(Paranacidade)

O Escritório Regional (ER) de Curitiba e Região Metropolitana e Litoral do Serviço Social Autônomo (Paranacidade, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas – SEDU), operou mais de R$ 196 milhões em projetos em benefício dos Municípios, desde o dia 18 de março deste ano, quando teve início o sistema de trabalho remoto, em consequência da Pandemia do Coronavírus.

Os bons resultados vieram com o aprendizado no uso de ferramentas para o trabalho à distância e que são empregados desde a análise dos projetos, nos procedimentos para a emissão dos editais de licitação, na assinatura de contratos e convênios e no acompanhamento das obras. “Ganhamos em agilidade. Com a resposta rápida, e ao fazer os recursos chegarem à população pela conclusão de obras e aquisições, o Governo do Paraná e o Paranacidade se fortalecem”, afirma o gerente desse ER, Luiz Antonio Xavier.

Parte desses recursos (R$ 39.304.610,24) corresponde a ações de medições. Na prática, significam o pagamento de obras e aquisições em andamento e a garantia da continuidade da execução dos projetos. Novos recursos também foram autorizados com a entrega de autorizações para Licitação, que libera as Prefeituras a iniciarem o processo de seleção dos fornecedores, no valor de R$ 77.169.028,10, e de Editais de autorização para Homologação (R$79.636.214,99, com origem no Tesouro do Estado e no Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM).

O conjunto desses projetos mostra a diversidade das demandas dos Municípios para a promoção do desenvolvimento urbano. Os recursos aprovados se destinam a aquisições de veículos e equipamentos rodoviários e à contratação de obras para a pavimentação de vias urbanas e estradas vicinais, ou à construção de Terminal Rodoviário Urbano, Complexos Esportivo, Creche, Escola Municipal, Centro de Atendimento à Infância e Adolescência, Pavilhão Comercial e Praça, além de projetos de urbanização com a requalificação de calçadas.

Xavier explica que o atendimento aos 35 Municípios cobertos pelo ER tem uma forte base na tecnologia. Entre as ferramentas que auxiliam nas rotinas estão o Portal dos Municípios, o SEDU-Paranacidade Interativo – desenvolvidos no Paranacidade – e o e-Protocolo, do Governo do Estado. “É mais trabalhoso, mas permite ganhos em produtividade, além da economia de tempo e de recursos. Os ganhos que tivemos deverão fazer parte do nosso trabalho daqui para frente. O trabalho à distância será mesclado com visitas presenciais”, afirma.

Please complete the required fields.
Digite seu nome, e-mail e a informação abaixo.