Memorial Paranista, com obras de João Turin, começa a ser realidade em Curitiba

No próximo sábado, dia 19, o prefeito Rafael Greca fará a entrega simbólica do Memorial Paranista, que faz parte de um grande projeto de revitalização do Parque São Lourenço e do Centro de Criatividade de Curitiba. No dia 16 Greca acompanhou a instalação da obra “Marumbi”, a maior entre as 12 peças em tamanho heróico do artista João Turin que vão compor o Jardim das Esculturas.

“A escultura Marumbi representa a força da terra do Paraná. Turin imaginava o Pico Marumbi, que é o horizonte de sua terra natal, Morretes, como se fosse duas onças disputando o domínio do território. Ela está sendo colocada agora no granito Paraná, da Serra do Mar, para ficar como legado aos curitibanos, paranaenses e brasileiros que vão nascer. Isso se cumpre muitos anos depois da entrada do escultor na eternidade, mas é parte do nosso legado nesta gestão que, terminando em 2020, simboliza a recuperação de Curitiba”, disse o prefeito.

Greca lembrou que esse ato de tributo ao nosso passado e à memória histórica paranaense, acontece ao mesmo tempo em que Curitiba aprova o Plano de Adaptação e Mitigação das Mudanças Climáticas (PlanClima), de enfrentamento do aquecimento global. “Nós olhamos para o passado, mas não nos esquecemos de nos preparar para o futuro”, enfatizou.

Entrega simbólica

O prefeito escolheu a data de 19 de dezembro para fazer a entrega simbólica do Memorial Paranista por ser o aniversário de 167 anos da emancipação política do Paraná. O Jardim das Esculturas e o complexo cultural, com teatro, galeria de arte, ateliês de escultura e cerâmica, biblioteca, memorial dos fundadores da Escola de Belas Artes do Paraná e capela votiva às vítimas de covid-19 com a Pietá de João Turin, terão suas obras completamente concluídas até o aniversário de 328 anos de Curitiba, em 29 de março de 2021.

“Esse é o primeiro dos eventos que o Paraná prepara para celebrar os 200 anos da independência do Brasil em 2022. O Memorial será aberto agora de maneira inacabada porque a história é um processo. Tudo é feito um pouco de cada vez. Para quem tem coragem de fazer, Deus sempre contempla com a certeza de que fez o que antes parecia impossível”, declarou Greca.   

O Jardim das Esculturas, que será entregue nesta primeira etapa, é decorado com elementos paranistas e fontes de água. Nele estarão expostas 12 esculturas de grandes proporções do acervo de João Turin, adquiridas pelo município: Índio Guairacá II, Homem Pinheiro, Marumbi, Pedagogia, Índio Guairacá I, Caridade, Onça Brincando com Filhote, Onças Brincando, Onça Espreita II, Fundação de Curitiba, Onça Espreita I e Onça Descansando. Todas as peças são feitas de bronze. A “Marumbi” é a maior delas, com 3 metros de altura, quase 3 metros de largura, 1 metro de profundidade e aproximadamente 700 kg.

Please complete the required fields.
Digite seu nome, e-mail e a informação abaixo.