Projeto aproximará Câmara e estudantes em Mandaguari

Projeto aproximará Câmara e estudantes em Mandaguari

A Câmara de Mandaguari quer inserir os estudantes da rede pública na realidade do Legislativo por meio de visitas e imersão nas atividades internas. A proposta foi debatida e bem recebida em reunião nesta quinta (28) entre os vereadores Hudson Guimarães (Presidente-PPS), Luiz Carlos Garcia (PPS) e Sebastião Alexandre (MDB) e representantes dos colégios estaduais José Luiz Gori e Vera Cruz.

O objetivo de aproximar os jovens nas atividades da Câmara é promover a importância deste poder para a sociedade. O projeto, a ser elaborado internamente e aplicado ainda neste semestre, contará com cronograma de visitas à administração da Casa de Leis e sessões Plenárias.

“A partir da entrada destes estudantes na Câmara mostraremos, por meio de vídeos, conversas e oficinas, como é a ação de um vereador, o que nós fazemos, qual é a nossa competência e outros assuntos correlatos. Desta forma é possível desconstruir a visão ‘politiqueira’ e mostrar a importância da real política para a cidade”, justificou o presidente da Câmara de Mandaguari, Hudson Guimarães.

O vereador Sebastião Alexandre também afirmou que é necessário fazer com que a sociedade esteja mais próxima das ações políticas. “Nasci em Mandaguari e somente agora, como vereador, estou conhecendo muitos espaços que não conhecia, como estradas rurais e escolas. Os jovens também merecem isso, conhecer a cidade como um todo”, disse.

A diretora do Colégio Estadual José Luiz Gori, Zélia Freire Alonso, afirmou aos vereadores: “é louvável a atitude de vocês. Estamos de portas abertas porque queremos que nossos alunos tenham essas entradas”. Representando o Colégio Estadual Vera Cruz, a coordenadora Carla Marques da Silva Anami disse que a recepção dos alunos e equipe pedagógica também será positiva.                       

O próximo passo é sistematizar a ação num projeto, que deve ser implantado ainda neste semestre.

Reforço        

A iniciativa aparece como um reforço à aproximação da comunidade jovem dos trabalhos legislativos. Primeira ação neste sentido foi o Parlamento Jovem, um projeto do Tribunal Eleitoral que é aplicado em todo o Brasil e foi inserido em Mandaguari em 2018. A primeira sessão ordinária dos parlamentares jovens ocorreu na segunda, 25.

O “Parlamento” promove a educação política aos estudantes de ensino médio de Mandaguari. Implantado no município em 2018, o projeto desenvolve atividades similares às dos vereadores “adultos”, contando, inclusive, com regimento próprio e pautas para as sessões ordinárias.

De acordo com o regimento, cada legislatura terá nove vereadores e durará dois anos.

Please complete the required fields.
Digite seu nome, e-mail e a informação abaixo.