Rumo lança Relatório de Sustentabilidade 2023

Rumo lança Relatório de Sustentabilidade 2023
FOTO – DIVULGAÇÃO

A Rumo, a maior operadora logística de ferroviária independente do Brasil, lançou hoje (25) o Relatório de Sustentabilidade 2023. O documento reúne os principais destaques do último ano e contém informações atualizadas sobre os indicadores da companhia, tais como os resultados operacionais, compromissos com o desenvolvimento sustentável e as iniciativas de responsabilidade social destinadas às comunidades do entorno das operações.

O material tem como objetivo apresentar os principais destaques de 2023, como:

– A primeira e única empresa brasileira do setor de logística a compor duas carteiras do Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI) – Dow Jones Sustainability World Index e Dow Jones Sustainability Emerging Markets;

– Aumento de 3% no volume total transportado em comparação a 2022;

– Avanço para 26% de mulheres em cargos de liderança;

– Redução de 27% na taxa de acidentes ferroviários; e

– 6,6 milhões de toneladas de emissões de CO2 evitadas na atmosfera, quantidade que seria emitida se caminhões estivessem transportando a carga equivalente.

Segundo Marina Carlini, Diretora de Sustentabilidade e Meio Ambiente, os resultados demonstram que a Rumo só tem a contribuir para o desenvolvimento sustentável da infraestrutura logística brasileira.

“Nós estamos trilhando uma jornada histórica no setor de infraestrutura nacional e passamos a ser vistos como um player global relevante na agenda de negócios sustentáveis. Esses resultados refletem o trabalho diário dos nossos colaboradores, que entendem que a pauta de sustentabilidade é essencial para a longevidade da companhia e para gerar valor aos nossos projetos e operações”, afirma.

Além desses dados, o documento aborda a Ferrovia Estadual Senador Vicente Emílio Vuolo, que conectará as cidades de Cuiabá, Rondonópolis e Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso, ao maior complexo portuário da América Latina, o Porto de Santos (SP).

Esse é o maior projeto de expansão da história da Rumo e o relatório demonstra, em detalhes, que a ferrovia é uma solução segura, eficiente e sustentável para o escoamento da safra da região Centro-Oeste.

Um ano após o início das obras, destacam-se algumas iniciativas para preservar a biodiversidade do entorno da Ferrovia Estadual de Mato Grosso: no total, foram plantadas 60 sementes nativas e mais de 200 mudas; cerca de 551 animais foram salvos pelo programa de resgate à fauna, e a companhia destinou R$ 22 milhões à preservação de 13 unidades de conservação dentro do estado de Mato Grosso.

O ano de 2023 também foi um marco de iniciativas internas e externas para a história da Rumo: a Companhia investiu um total de R$3,7 bilhões que integram a estratégia de aprimorar sua eficiência logística. Ao todo, foram 77,3 bilhões de toneladas transportadas por quilômetro útil (TKU), impulsionadas pela safra recorde de soja e milho.

Mirando longe com sustentabilidade

Entre as ações voltadas ao desenvolvimento socioeconômico das comunidades que vivem no entorno das ferrovias, a Companhia realizou investimento total de mais de R$14 milhões, com 169 iniciativas e ações que impactaram 3,8 milhões de pessoas em 115 municípios.

Inovação nos trilhos

Em 2023, a Rumo iniciou os testes em caráter piloto para operar suas duas locomotivas híbridas, as primeiras no Brasil. A aquisição dos ativos é um marco para a Companhia, que investe significativamente em tecnologia e inovação. Fabricadas pela Progress Rail, o consumo de combustível dos equipamentos é 22% menor, em comparação às locomotivas convencionais.

Sobre o Relatório de Sustentabilidade

O relatório também apresenta dados relativos à eficiência energética, emissões específicas, avanços em relação ao investimento social privado, bem como diretrizes de governança, gestão de relacionamento e resultados financeiros de 2023. O documento completo está disponível no link:Link

Sobre a Rumo

A Rumo é a maior operadora privada de ferrovias de carga do país e oferece uma solução logística competitiva, segura e sustentável para suportar o crescimento do agronegócio brasileiro. Cruzamos o Brasil de Norte a Sul, administrando cerca de 13,5 mil quilômetros de ferrovias nos estados de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás e Tocantins.

A base de ativos é formada por 1.200 locomotivas e 33 mil vagões. São quase 8 mil colaboradores em todo o Brasil, 10 terminais de transbordo e armazenamento ao longo da malha e 4 terminais portuários nos principais portos brasileiros. Em 2023, nos tornamos a única empresa brasileira do setor de logística a compor o índice internacional Dow Jones de Sustentabilidade, além de compor pelo terceiro ano consecutivo a carteira do ISE B3, a principal referência no país em reconhecer companhias com as melhores práticas de sustentabilidade.

Please complete the required fields.
Digite seu nome, e-mail e a informação abaixo.